terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

O que escolher?


Ao vê-lo, os chefes dos sacerdotes e os guardas gritaram: "Crucifica-o! Crucifica-o!, mas Pilatos respondeu: "Levem-no vocês e crucifiquem-no. Quanto a mim, não encontro base para acusá-lo". Os judeus insistiram: "Temos uma lei e, de acordo com essa lei, ele deve morrer, porque se declarou Filho de Deus". Ao ouvir isso, Pilatos ficou ainda mais amedrontadoe voltou para dentro do palácio. Então perguntou a Jesus: "De onde você vem?", mas Jesus não lhe deu resposta. "Você se nega a falar comigo?”, disse Pilatos. "Não sabe que eu tenho autoridade para libertá-lo e para crucificá-lo?", Jesus respondeu: "Não terias nenhuma autoridade sobre mim, se esta não te fosse dada de cima. Por isso, aquele que me entregou a ti é culpado de um pecado maior". Daí em diante Pilatos procurou libertar Jesus, mas os judeus gritavam: "Se deixares esse homem livre, não és amigo de César. Quem se diz rei opõe-se a César". Ao ouvir isso, Pilatos trouxe Jesus para fora e sentou-se na cadeira de juiz, num lugar conhecido como Pavimento de Pedra (que em aramaico é Gábata). Era o Dia da Preparação da semana da Páscoa, por volta do meio-dia. "Eis o rei de vocês", disse Pilatos aos judeus. Mas eles gritaram: "Mata! Mata! Crucifica-o!” “Devo crucificar o rei de vocês? ", perguntou Pilatos. "Não temos rei, senão César", responderam os chefes dos sacerdotes. Finalmente Pilatos o entregou a eles para ser crucificado. Então os soldados encarregaram-se de Jesus.



Nesse texto do Evangelho de João, no capitulo 19 versículos 6 ao 16, fica claro o que o mundo faz com nossa fé, ele nos joga contra Deus e ainda coloca em cheque nossa lealdade aos amigos.

Quando os judeus dizem que se soltar Jesus, Pilatos não será amigo do rei césar. Ele por não conhecer quem é Jesus cai nessa e manda crucificar Jesus. (não estou entrando no mérito de cumprimento das escrituras).

Pilatos cedeu à pressão e escolheu ouvir o mundo e cometeu injustiça, e você tem cometido injustiça trocando Jesus por aí?

È muito fácil analisarmos o quanto podemos trocar Jesus por qualquer coisa e muitas vezes o fazemos, vamos parar de ser idiotas e começar a escolher pelo correto, por Jesus.

Texto curto e sem delongas. Reflitam e coloquem suas opiniões.

Beijos.

Um comentário:

  1. Realmente. Esse texto bíblico é o retrato fiel do mundo x fé. Muito bom. Ótimo paralelo.

    ResponderExcluir