quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Me dá uma mão ai?



Olá pessoal, tudo bem? Hoje quero falar sobre a amizade, ou o amor que traduz uma amizade, eu tenho para mim, que a amizade é quando você sabe que aquela outra pessoa realmente torce por você, e não tem nada ver com estar presente, tem a ver com um amor que não muda e não se apaga. Que não importa quantas vezes à gente se encontre toda vez que acontece o reencontro ainda  está tudo igual. O carinho é o mesmo. Confiança, sinceridade, bom trato, não senti inveja, não se ensoberbece. (1 Coríntios 13).  
É quando a gente não tem medo de contar um segredo ou algo precioso que Deus nos deu. Diante dessas características, posso contar nos dedos quantos amigos eu tenho, e sobrariam dedos, pode crer. 

Esses dias eu passei mal no trabalho, minha pressão foi para 10 por 7. Eu sentia minhas pernas amolecendo e minhas mãos geladas, mas eu sabia que tinha que comer algo e pedi para minha colega ir comigo no restaurante em frente ao trabalho, eu perguntei para ela: “Você acha que eu estou pálida?” e ela disse: “Não você já é superbranca”. (Puxa!)
Quando chegamos ao restaurante, o dono olhou para mim e disse você está passando mal? A voz dele já estava distante, pois os meus ouvidos já começavam a tampar. Precisa de algo? Ele disse. E eu respondi tirando força de onde não tinha, quase desmaiando: “Não obrigada, eu vou comer e acho que melhoro”.  Em fim, eu melhorei depois de mastigar 1.000 vezes um pedaço de carne, que não queria entrar no meu estômago. Depois ainda fui até a enfermaria e tomei um remédio.

Porque estou contando isso? Enquanto eu passava por isso, me senti absolutamente só. Eu liguei para o meu namorado só para sentir uma segurança. Precisava de alguém por perto, saibam queridos; amigos passam confiança, nos passam carinho, nos passam amor de Deus. Deus usa um amigo para te amar, para te acompanhar em momentos de luta.  Deus usa a AMIZADE para nos abençoar nessa terra.

A Bíblia conta que Judas era um dos amigos de Jesus, um de seus discípulos, mas Jesus sabia que não podia confiar nele. Mesmo assim o tratava com amor, com alegria, e o chamava para perto.

E logo, aproximando-se de Jesus, disse: Eu te saúdo Rabi; e beijou-o. Jesus, porém, lhe disse: Amigo, a que vieste? Então, aproximando-se eles, lançaram mão de Jesus, e o prenderam. Mateus 26: 49-50

Eu te pergunto: Você é amigo de alguém? Você é abençoador de alguém? Ou será que você só tem sido abençoado? As pessoas podem confiar em você? Se alguém que não faz parte da sua família passar mal você vai carrega-lo no colo se for necessário?

Em pequenas coisas eu noto de quem realmente posso esperar amor. No momento da dor, no momento da alegria, no momento da vitória.  Na hora em que você solta: “Caramba que dor de cabeça”, ou você diz: “Hoje não estou bem”, ou quem sabe solta: “UHUUU PASSEI!”.

Isso também dá para notar de acordo com o tempo que você fala e escuta, ou no quanto de conselhos recebe ou dá. Por isso eu disse que poderia contar nos dedos quem posso chamar de amigo.

E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.  1 João 4:16

Como igreja e como servos, vamos ser bons amigos, vamos ser carinhosos e zelosos com o próximo, o PRÓXIMO, pode ser qualquer um, crente ou não, chato ou legal, o próximo é amado de Deus e assim tem que ser seu amado também.
Passe confiança para seus amigos, passe confiança para seus irmãos, mostre Cristo na sua vida! Pois o nosso Jesus  se doou totalmente a nós , e fez isso para não nos chamar de servos mas sim de amigos.

Fiquem na paz.!
Silmara Santana


3 comentários:

  1. Lindo!
    Graças a Deus, tenho amigos que me abençoam muito, mas tbm posso contar nos dedos... mas cada um deles vale por um exercito de amigos! =)

    ResponderExcluir
  2. Tudo muito intrigante Sil... e quando temos com um desses próximos a mesma percepção que Jesus teve sobre Judas?
    Bem, como vc disse... mesmo assim não fez acepção, não o excluiu do seu convívio e nisso concordo plenamente, apenas não negligenciarei e manterei meu radar em alta frequência quando ele estiver por perto!
    Posso?

    ResponderExcluir
  3. Sim pode ser que não negligenciar seja o máximo que a gente possa fazer, mas já é um começo. Tbm vou tentar. beijo

    ResponderExcluir