terça-feira, 3 de janeiro de 2012

E os de casa... nada



Olá 2012! Bom gente, como esse é o último ano do mundo, nós do psicocristao não vamos escrever mais, o mundo vai acabar mesmo! ahuhauahuahauha!!
Na minha opinião, Jesus esta pra chegar mesmo, mas querer acertar a data ja é demais!

Mas e se estivesse acabando mesmo? E se esses fossem os últimos dias de nossas vidas?
Você estaria satisfeito? Quando Jesus chegasse, Ele levaria você?
É, pergunta difícil... Mas vale a pena refletir. Parar pra pensar se o caminho que você esta seguindo valerá a pena no final.


Hoje tenho um assunto e não estou conseguindo contextualiza-lo, não estou conseguindo chegar nele através da introdução, mas vamos direto a pergunta: Por que tratamos bem as pessoas que temos menos convivência, que não amamos de verdade, e tratamos mal aqueles que nos amam e que amamos realmente? As pessoas que nos aturam, que nos ajudam, nós tratamos mal, de qualquer jeito.
É aquele negócio, você esta em casa com seus pais, aquele bate boca, grosserias e tal, chega uma visita a família muda, é sorrisão no rosto, educação e cortesia. Isso sim é uma palhaçada!
Eu faço isso. E esta errado! Não estou dizendo que agora nós vamos tratar mal as visitas e bem nossos pais! Mas pare pra pensar em quem realmente te ama, que esta do seu lado. Seu marido, sua esposa, seu namorado, namorada, seus irmãos, aquele parceiro de trabalho que tem que passar o dia todo com você. Aí me chega aquela colega que você quase não vê, mas que é uma "gata", e você trata super bem. Ou então meninas, vocês nas suas crises de TPM tratam mal as pessoas que mais te fazem bem, mas tratam super bem o tiozinho da padaria! Hauhau, é cômico demais isso, nós, seres humanos, somos um bando de burros.
E o pior é que quando ficamos longe dessas pessoas que tratamos de qualquer jeito, sentimos falta, sentimos saudades.
Portanto façamos assim, tratemos bem aqueles que nos fazem felizes, tratemos bem aqueles que nos amam, que se preocupam conosco. Esse é um costume que trazemos da adolescência, essa rebeldia, e ela permanece depois durante a vida.
Mas nada que não possa ser mudado, que não tenha recomeço. Mudança de atitude gera mudança de situação. Mova-se! Sorria! Seja educado, amável(ta bom, isso é pra mim), amor nunca é demais.

Um bom começo de ano pra todos, que nos empenhemos cada vez mais, em crescimento, em amadurecimento, em amor ao próximo, em amor ao Senhor, Deus, que não nos trata mal independente da situação.
Desejo tudo de bom pra vocês.

No amor do Senhor Jesus Cristo, meu Senhor e Salvador
Diego Avedissian.



(Não houve nenhuma referência bíblica? Sua vida tem que ser uma referência bíblica, leia-a e viva-a)

3 comentários:

  1. Muita das vezes tratamos mau quem considera tanto a gente, quem se preocupa conosco, a familia amigos verdadeiros, ou nós somos tão mau tratados por quem consideramos.
    Isso já aconteceu comigo e acho que acontece com muita gente, eu já maltratei quem me considerava e hoje me arrependo, e já fui matratada tb por quem eu sempre considerei muito, por aquela pessoa que eu sempre torci e ainda torço para que tudo de certo. Mas por mais que perdoamos tem uma hora que cansa, afinal somos carne e ai iremos sentir a falta de quem sempre esteve ao nosso lado independente do que fazemos.
    Por isso ‎"Ame o que vc tem, antes que a vida te ensine a amar o que vc tinha"

    ResponderExcluir
  2. Jesus vai voltar dia 26... foi o que ouvi outro dia uma moça dizer em uma loja... hauahauahauahau... a gente é um bando de burro msm! Eita ingratidão que nos persegue!

    ResponderExcluir
  3. Talvez seja pq sabemos que, se a visita conhecesse nosso lado mau-humorado, jamais voltaria a bater na nossa porta, e pense bem, são só alguns minutos, talvez poucas horas, então nos permitimos disfarçar.
    Já os de casa, por conviverem intensamente conosco faça chuva ou faça sol, acabam tendo que te aguentar, e desmascaram qq teatro, mas afinal, alguém trata mal por prazer?
    (Não cogitei sadomasoquismo)
    O que se entende por maltratar ?
    Bater? humilhar? ser firme pra encerrar uma discussão? ou o que? Há quem se sente maltratado só pq vc se recusou a responder uma pergunta esdrúxula.
    Uma discussão pode não ser um tratar mal, pode ser apenas o resultado de más escolhas e intenções anteriores, sabe aquelas que começam em uma reunião de amigos falando mal do ausente ou distante? ou os parentes articulando contra sua família? aí vc descobre e pronto, começa (na visão dos outros) tratar mal todo mundo.
    Sugiro um acréscimo na frase do altar:
    Na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, amando-te e respeitando-te (SEJA NO SEU BOM OU MAL HUMOR)... aí depois os dois dizem sim!

    Em muitas vezes, eu li sobre Jesus sendo muito radical (duro) com as pessoas, até mesmo com os que andavam com ELE. alguém se arrisca dizer que ele maltratava?

    Por isso que devemos amar Jesus e não os conceitos humanos sobre Ele.

    Valew Diego !

    ResponderExcluir