terça-feira, 8 de novembro de 2011

Dai-me paciência...




Hoje acordei com muita coisa acontecendo e comecei a reparar nessas coisas, vou falar dessa agitação toda.

É impressionante como a gente se irrita com meia fagulha que chegue até nós. Hoje pela manhã duas palavras direcionadas a mim fizeram um grande estrago dentro de mim, e agora estou me remoendo para não chorar de raiva no metrô. Eu, como de costume, peguei minha bíblia e fui ler. Continuei meu plano de leitura e hoje era dia de ler Atos 25. Um pouco antes desse texto Paulo está sendo acusado por judeus que o queriam morto. Então para preservar a vida de Paulo ele foi preso.

O que me impressiona nesse texto é como Paulo sofre acusações e sabe como responder a todas elas. Ele diz que deve permanecer irrepreensível diante de todos. Ele foi acusado por judeus que eram considerados irmãos e não pelos seus inimigos mais ferrenhos. A "família" de Paulo estava contra ele porque não seguiam as mesmas doutrinas.

Sinceramente, Paulo não teve a mesma atitude que eu, ele demonstra paciência e confiança naquilo que lhe foi proposto por Deus. Infelizmente, eu não sou assim e me irrito fácil, ao ponto disso ficar borbulhando dentro de mim.

Eu quero e preciso melhorar, mas para isso eu tenho que me acalmar e ficar paciente, confiante em tudo que já ouvi. A partir do momento que eu peço algo, Deus vai me dar situações para que eu exercite tal caracteristica e melhore, então a cada dia vão acontecer mais coisas para eu ser paciente.

E você, é calmo ou se estoura fácil? Existem pessoas te acusando? Como as tem tratado?

Pense nisso...

Beijo, Lennon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário