quinta-feira, 18 de agosto de 2011

O vento sopra onde quer

Semana passada eu peguei meu caderno de orações, onde anotei muitas coisas que falava para Deus, algumas letras que tentei transformar em música e também palavras que Deus falou comigo como essa aqui que vou escrever para você.

Pois é, comecei a ler minhas orações, e olha só, no começo do ano passado, pedi coisa que hoje Deus já me deu, e que na época parecia impossível. Tanta coisa mudou, naquela época eu estava me sentindo muito sozinha e eu orava tanto, que devo ter acelerado alguns processos lá no céu.  Estava em uma fase onde percebi que Deus é a única companhia constante, e o único amigo realmente presente e fiel.

Naqueles dias havia deixado muita coisa, e obedeci ao que Deus me mandou fazer. Foi mais ou menos como ele disse para Abraão. “Saia da sua terra”, eu sai, do lugar de comodismo, eu estava muito acomodada, e fui ver o que Deus tinha para mim, era como se eu tivesse deixado tudo em um lugar, e saído com a roupa do corpo para tentar chegar à terra prometida pelo caminho do deserto.  Não tinha nada comigo; vida sentimental, irmãos, ministérios, reconhecimento, submissão dos irmãos, posição, nada disso foi comigo.

Aconteceu que eu sobrevivi, pois é, sobrevivi. Achei realmente que não suportaria, a dor era tão grande.  Mas foi então que me tornei mais feliz quando descobri que apesar de amar o que deixei para traz, tudo aquilo não era exatamente o TUDO que eu tinha. Não. O TUDO que eu tinha era o SENHOR, e ele foi comigo pelo caminho do deserto.  Ele foi comigo o tempo todinho e está comigo agora, e o melhor de tudo, Ele está me oferecendo coisas novas hoje, caminhos novos, me mostrando mais dEle e o quanto Ele me ama porque confiei nEle, ele fala comigo o tempo todo, Ele me mostra o quanto ficou feliz porque confiei e permaneci.  


Às vezes parece que o mundo vai acabar e a rasteira não é do inimigo, mas pode acontecer como aconteceu com Jó, e Deus resolve te colocar no prumo. Reconstruir você como cacos de barro, e te fazer um vaso novo.  Pois é ainda não estou totalmente reconstruída, e o oleiro na verdade não quer que o barro seque antes que o vaso fique perfeito, se o barro secar vai ter que ser quebrado de novo, mas se o barro estiver mole, como o coração de um adorador com seu coração quebrantado, ai sim ele pode ir moldando, criando formas e deixando exatamente do jeito que ele quer. (Salmos 51:17)

A dor de ser quebrado é muito grande, mas a amizade de Deus, a experiência que fica é eterna. Deixe o Senhor ordenar, deixa ele te colocar no lugar onde ele quer te colocar, pode ser longe da sua terra, pode ser distante do seu passado, pode ser muito além do que você sonhou, ou pode não ter absolutamente nada a ver com o que você sonhou, ai é que está a graça, em confiar no amor de Deus pela sua vida.

“O vento sopra onde quer. Você o escuta, mas não pode dizer de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todos os nascidos do Espírito". João 3:8

Fiquem na paz!

Silmara Santana / @silmarasan

3 comentários:

  1. Palavra maravilhosa!
    Vc é uma benção, Sil...
    Se vc ainda não foi totalmente reconstruída pelo Senhor, anseio pela plenutide desta reconstrução!
    Amo vc em CJ!
    Linda por dentro e por fora!
    Beeeijos, amada!

    ResponderExcluir
  2. Ameiii a mensagem,por incrivel que pareça isso faz parte das minhas oraçoes,que eu possa permacer e confiar até fim em nome de jesus.

    *.* Nana...

    ResponderExcluir
  3. Meu lindaa a mensagem,glória a Deus pela sua vida,estou mto feliz em saber que todos os dias eu tenho uma palavra abençoada para receber.

    Fica na paz.

    ResponderExcluir