terça-feira, 21 de junho de 2011

Inacreditável

Salve galera, a paz de God...

O texto de hoje foi publicado no Ave Amarelo, espero que gostem... Fiquem com Deus!!!


Às vezes eu fico pensando: Quais os critérios que Deus usa para usar a vida de uma pessoa?
É incrível a capacidade que Deus tem de usar as pessoas que menos se espera, ou às vezes nem precisa ser uma pessoa, como no caso da jumenta...
... E, vendo a jumenta o anjo do SENHOR, deitou-se debaixo de Balaão; e a ira de Balaão acendeu-se, e espancou a jumenta com o bordão.
Então o SENHOR abriu a boca da jumenta, a qual disse a Balaão: Que te fiz eu, que me espancaste estas três vezes?
E Balaão disse à jumenta: Por que zombaste de mim; quem dera tivesse eu uma espada na mão, porque agora te mataria.
E a jumenta disse a Balaão: Porventura não sou a tua jumenta, em que cavalgaste desde o tempo em que me tornei tua até hoje? Acaso tem sido o meu costume fazer assim contigo? E ele respondeu: Não... Números 22:27-30
E eu ainda vou mais longe. A capacidade (lê-se capacidade porque eu não consegui encontrar outro adjetivo, são 8:00h da matina, estou no trabalho esperando o cara do TI vir arrumar meu PC que deu pau, dormi apenas três horas e meia, e estou só o bigu) que Deus tem de usar até objetos, coisas inanimadas. Explicarei...
No Natal, eu desci o morro junto com uma galera da igreja, fomos para Riviera de São Lourenço.
Chegamos lá, já era tarde, mais ou menos umas 23:00h. Estava uma temperatura amena, e acreditem, a água do mar estava uma delicia, quentinha, quentinha.
Depois de todo mundo brincar, nadar, lutar jiu jitsu na areia (eu fiquei com areia até no cérebro).
Paramos, e meio que começou a rolar um luauzinho, começamos a louvar, e depois disso o primo de um Brother meu da igreja nos trouxe uma palavra.
No momento em que estávamos ali conversando e comentando como Deus age em nossas vidas, eu fiz um desenho muito besta na areia, sabe?
Fiz dois bonequinhos (na verdade era um casal), uma casinha, uns passarinhos voando, uma árvore, e tinha também um sol.
E a poucos centímetros do desenho eu comecei a fazer um montinho de areia. E conforme eu ia acrescentando areia ao montinho, o montinho logicamente começou a crescer e a engordar, e quando eu menos esperei, o montinho começou a engolir meu desenho, e depois de algum tempo o desenho simplesmente sumiu em baixo da areia.
E acreditem, Deus usou um montinho de areia para me mostrar como funciona o pecado.
Vamos ver se eu consigo explicar de um jeito simples, rápido e fácil.
Todos somos pecadores, isso é fato.
Mas um outro fato é que por mais que o seu pecado esteja longe de você (Ex: uma pessoa que trai seu cônjuge, por mais que esta pessoa faça isso muito bem escondido, esta atitude pode lhe causar danos em diversas partes de sua vida, como no convívio social, no emprego, e não só no seu casamento), Se não houver arrependimento o pecado chega na sua vida e arrebenta com tudo, FATO.
E aquele montinho de areia me mostrou isso.
E a cada dia que passa, Deus me surpreende mais e mais.
Então acredite, se Deus usou uma Jumenta para falar com Balaão, e um montinho de areia para falar comigo, com certeza ele poderá te usar para muitas outras coisas.

FM

God bless you

Quer falar com a Gente???
psicocristao1@gmail.com

P.S¹: Como Balaão não ficou assustado por a Jumenta falar com ele??? e o pior de tudo é que Ele ainda bateu boca com Ela !!!!!!!
P.S²: A foto do Tenso é por causa do P.S¹

Um comentário:

  1. Ohh...Gloria isso é verdade mesmo, Deus fala conosco em simples coisas, mas temos que ter a sensibilidade de entender o que ele quer nos falar.
    Fique com Deus!!

    ResponderExcluir