segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Enquanto isso no METRÔ!

Metrô em horário de pico se vê de tudo, hoje embarquei na Sé, na volta do trabalho, e estava muito cheio pra variar um pouco.

Embarquei naqueles trens novos com ar condicionado, nem estava tão cheio, mas à minha esquerda tinha duas meninas conversando, e elas estavam bem folgadas, não tinha nem uma pessoa relando nelas. (quem pega metrô no pico sabe que é impossível.) Já à minha direita tinha uma menina toda torta, sendo esmagada por dois manos gigantescos, eu fiquei com dó da menina, ela estava muito torta, totalmente impossibilitada de mover uma unha.

O engraçado disso tudo, é que as amigas, estavam reclamando absurdamente de ter muita gente no metro (lembrando que ninguém relava nelas) e segunda feira era sempre uma tristeza, por causa da multidão que tinha no metrô.
Já a menina da minha direita, estava toda torta, mas com um semblante alegre na medida do possível.

Ao chegar na Sé as duas amigas, desceram (quase me bateram por eu estar na frente delas e não dar licença, sendo que eu queria descer do metro pra elas passarem) e a outra menina ficou lá, continuou no aperto, porém menos torta e com o semblante mais alegre.

Na primeira carta que o apóstolo Paulo escreveu para a igreja de Tessalonica no capitulo 5 verso 18 ele diz: Em tudo dai graças.
As vezes é difícil agradecer por certas coisas que acontecem em nossas vidas, principalmente quando entendemos que são coisas ruins, mas nem tudo que acontece de ruim ao nossos olhos, são ruins aos olhos de Deus.

Precisamos ajustar o nosso prisma, ao prisma de Deus, começar a enxergar como Ele enxerga, e buscar entender as coisas como Ele entende, somente dessa forma vamos poder andar no Espírito (Gálatas 5:16)

Que o Senhor te dê força e paciência para poder suportar o metro cheio, o transito... que você possa, nos momentos de stresse, ajustar o seu prisma ao de Deus.

BEIJO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário