terça-feira, 21 de dezembro de 2010

DEUS doméstico!

Boa noite!
Acabei de assistir o primeiro filme da série “As crônicas de Narnia”, e confesso que quase chorei. Eu queria falar sobre algo que ouvi quase no fim do filme.

Em certo momento um dos cavaleiros do exercito de Aslam, faz o seguinte comentário a respeito do seu lidera: “Deixe-o ir embora sozinho, afinal Ele não é um Leão domesticado.” e instantaneamente surgiu na mente a seguinte frase: “Deus não é domesticado.”.

Vejo e ouço falar por aí a respeito de atos proféticos, pedidos dos mais diversos tipos, atos toscos e etc. um monte de atitudes para convencer a Deus que estamos precisando de ajuda, porém Deus quer que nós entendamos que Ele está governando a vida daqueles que permite que Ele as governe, não adianta ficar fazendo promessas mirabolantes para tentar convencer Deus a fazer aquilo que VOCÊ quer que Ele faça, não é esse o propósito do cristianismo.

Cristianismo não é a solução para os nossos problemas, pelo contrário, às vezes é o surgimento de muitos problemas, mas a diferença está em como vamos enfrentar esses problemas, pois com Cristo temos a certeza de que ele nos ajudará, do seu jeito, a resolver as complicações.

Não tentem comover o coração de Deus, por que Ele já demonstrou amor na cruz e não há necessidade de uma prova maior de amor, afinal o Jesus homem fez muito mais do que suas limitações como homem permitia, mas ele não pensou em desistir em nenhum momento, para vocês verem como as atitudes de Jesus demonstram que Ele era homem com os mesmos conflitos que nós; veja no Getsemani (Mt. 26.39; Mc. 14.36), ele orou pedindo para que SE FOSSE possível Ele preferia não passar por tudo que passou, mas a diferença de Jesus para nós é que Ele não deixou ser levado pela vontade Dele e sim pela do Pai. E foi, mudo até o fim, sabendo que seria um sacrifício valoroso, que teria recompensa.

A recompensa de Jesus somos nós, que acreditamos e seguimos à Ele na sua plenitude, não olhando para Ele quando tudo vai mau, mas olhando sempre para Ele, querendo agradá-lo com o nosso viver.

Vivendo uma vida de evangelismo mudo.

@lensantos13

Nenhum comentário:

Postar um comentário