terça-feira, 19 de outubro de 2010

Dinheiro ou Afago??

“As coisas que o olho não viu, que ouvido nenhum ouviu, o que não subiu ao coração do homem. São as que Deus preparou para àqueles que o amam.” Roberto Diamanso

Começo a nossa conversa hoje com um trecho da musica Boas Novas quero Dar, do Pr. Roberto diamanso.
Estava voltando da faculdade hoje, e parei para meditar nessa musica. E essa frase em especial me chamou muito a atenção, ela é um texto também achado em 1 Coríntios 2.9, eu confesso que nunca tinha parado para refletir nesse texto, mas hoje foi muito legal, me abriu a cabeça para algo interessante. Vamos desembolar. (como diria meu amigo Luca.)

Vivemos em uma sociedade consumista, onde as pessoas necessitam mostrar aquilo que tem para poder serem aceitas. Quem não tem, logo, não é aceito. E é normal nos convertermos e trazer conosco muitas coisas (alias, tudo), pois, a conversão não quer dizer que TUDO se fez novo fisicamente também, a nossa conversão é um processo trabalhoso, e árduo. Com o tempo vamos sendo moldados ao caráter de Cristo.

Porem existe igrejas, e pessoas que não buscam isso, não querem o caráter de Cristo e cultivam com muito AMOR as praticas mundanas. Logo, é visível que temos uma igreja fraca, que só nos trás tristeza. (os profetas, e pessoas de Deus não zombam da igreja e sim choram por ela.)

Mas o que eu quero dizer com aquele primeiro texto? Bom, aquele texto eu sempre o vi assim: estou pensando em comprar, ganhar um carrinho popular, MAS, Deus pode me dar um de luxo. Mas hoje Deus me deu um entendimento. (PARA A MINHA VIDA, estou apenas compartilhando). Deus nos ama, e seu amor não é definido naquilo que ele nos dá. E sim pela pessoa que ele é, o melhor presente e as coisas grandiosas que ele tem preparado para aqueles que ele ama é o seu amor, o relacionamento aberto com ele, é a eternidade, o carinho, o companheirismo, o consolo, o abrigo. E não coisas materiais, DEUS NUNCA nos prometeu bens materiais, ele NUNCA falou que seriamos um povo rico, dono do poder, pelo contrario ele sempre nos alertou: vou, mas deixo o consolador / tereis aflições, mas tende bom animo. / não vim trazer a paz, mas a espada.

Você pode me questionar: aaah, mas em Malaquias ele fala que abrira as portas do céu, se a gente der o dizimo e a oferta. O dizimo e a oferta, não são as moedas de troca com Deus, são atos de gratidão, por aquilo que ele já te deu.
Observe Abel, deu a oferta que foi aceitável a Deus, e mesmo assim o seu irmão o matou.

Hoje que você possa refletir sobre as coisas que você tem pedido pra Deus, se é mais dinheiro, bens e fama do que a intimidade com ele.
Ele anseia em ter nosso ouvido pronto para ouvi-lo e nossa boca pronta para louvá-lo, deixe isso fluir, e as demais coisas vos serão acrescentadas.

Beijos Queridos.

@lensantos13 – Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário